Inscrições Casas Populares

O sonho de comprar a casa própria está mais fácil de ser realizada por famílias de baixa renda. O Programa Minha Casa Minha Vida que financia a aquisição de imóveis para pessoas com renda de até R$ 1.600,00 já beneficiou, de acordo com o Governo Federal, 1,5 milhão de famílias. Outros programas desenvolvidos pelas Companhias de Habitação (COHAB), distribuídas pelos Estados brasileiros, promovem o acesso à moradia popular com a construção de residências e conjuntos habitacionais.

Inscrição na COHAB Casas Populares

As Companhias de Habitação recebem as incrições de famílias de baixa renda que desejam se cadastrar nos programas de moradia dos Estados. Em algumas COHAB’s é possível fazer o cadastro por meio do site oficial com os números do Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos familiares que contribuem com a renda e o endereço residencial. Podem participar brasileiros, maiores de 18 anos ou emancipados que não possuam imóveis e nem tenham sido beneficiados em outros programas habitacionais.

É importante manter o cadastro sempre atualizado e procurar a prefeitura do seu município para verificar os programas de aquisição de imóveis em aberto.

cohab

Foto: divulgação

Inscrições Casas Populares, Minha Casa Minha Vida

O Programa Minha Casa Minha Vida é um dos mais conhecidos pela população que financia até 96% do valor do imóvel, com a prestação de até 5% da renda familiar, para aquelas de baixa renda que vivem com R$ 1.600,00. As inscrições para a faixa I são realizadas preferencialmente nas prefeituras de cada município. Os interessados devem ser brasileiros, apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência, devem ser maiores de 18 anos ou emancipados, devem possuir comprovação de renda mensal familiar do valor já citado, não devem possuir imóvel próprio e não podem ter participado de outros programas habitacionais.

minha casa minha vida

Imagem: divulgação

Minha Casa Minha Vida inscrição

O processo de inscrição, seleção e indicação é feito pelas Prefeituras Municipais e pelos Governos dos Estados. Com o cadastro aceits pela Caixa Econômica Federal (CEF), as famílias serão comunicadas sobre a data do sorteio das residências e da assinatura do contrato de compra.

Têm prioridade nos sorteios: as famílias que moram em área de risco ou que estejam desabrigadas, famílias com mulheres responsáveis pela renda da casa e com filhos menores e pessoas com deficiência física e idosos. Com a documentação aprovada, a família poderá pagar o financiamento em até 120 prestações. O valor da parcela é de até 5% da renda familiar, para aquelas da faixa I, mas nunca abaixo de R$ 25,00. O financiamento terá como garantia o próprio imóvel e depois da assinatura do contrato a família terá até 30 dias para se mudar na nova casa.

 

 

1 Comentário

  1. […] loteamentos com casas populares são construídos em todo o país, pois há uma parceria com o Governo Federal, com os estados e […]

Comente (será moderado)